Weintraub critica governo Bolsonaro: ‘Hoje ou é com Lula, ou continua piorando’

Internautas compartilharam nas redes sociais, um áudio do ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, criticando as alianças feitas pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). Na gravação, Weintraub declara que “ou é com Lula, ou a gente continua piorando”, em referência à tentativa de reeleição de Bolsonaro.

Após a repercussão, o ex-ministro afirmou, em seu Twitter, que “jamais apoiaria” o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Na gravação compartilhada, Weintraub declara: “O presidente Bolsonaro, ao se aliar ao centrão, transformou um sonho que a gente tinha, de mudança no país, em um pesadelo. Porque hoje, ou é com Lula, ou a gente continua piorando, porque com ele [Bolsonaro] vai continuar piorando”. E continuou: “Historicamente, o segundo mandato de um presidente costuma ser pior do que o primeiro, não é no Brasil, é no mundo inteiro. Um segundo mandato do presidente Bolsonaro, mais fraco do que o atual, vai ser um horror. Então hoje, eu vejo isso, o melhor cenário é ruim, e a gente tem que se preparar para a resistência”, acrescentou no áudio.

Nas redes sociais, apoiadores de Bolsonaro interpretaram o trecho como um anúncio de apoio a Lula. Alguns chegaram a chamar o ex-ministro de “traíra”.

Depois da repercussão, Weintraub disse que “jamais apoiaria o Lula”. “Eu falo claramente que a melhor alternativa é a reeleição do Bolsonaro. Porém, não será bom!”.

Inicialmente, o áudio circulou nas redes sociais como se tivesse sido vazado, mas uma internauta chamada Nia Weintraub disse que os comentários do ex-ministro aconteceram no Spaces, que é uma sala virtual pública criada por usuários do Twitter. A roda de conversa entre apoiadores do presidente Bolsonaro teria durado sete horas.

Últimas Notícias