Venda de álcool líquido 70% está proibida a partir desta quarta-feira, 1º de maio

A venda de álcool líquido 70% será proibida a partir de 1º de maio, segundo a Agência de Vigilância Sanitária (Aisa). A determinação é da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Até o dia 30 de abril, os supermercados, mercadinhos, mercearias e farmácias que ainda tiverem estoques do produto poderão vendê-lo normalmente à população. De 1º de maio em diante, porém, o comércio do álcool líquido 70% não será mais permitido, e os produtos que ainda não tiverem sido vendidos deverão ser devolvidos ao fornecedor ou aproveitados exclusivamente para a higienização dos estabelecimentos.

Segundo a Anvisa, o álcool líquido 70% é um produto altamente inflamável, utilizado com frequência no acendimento de fogueiras e churrasqueiras.

“A venda do álcool 70% voltou a ser permitida, de forma temporária e excepcional, durante a pandemia de Covid-19, para atender a grande demanda da população por álcool gel.

Últimas Notícias