STF forma maioria para manter veto ao piso nacional da enfermagem

O Supremo Tribunal Federal atingiu nesta quinta-feira, 15, a maioria dos votos pela manutenção da suspensão da lei que criou o piso salarial da enfermagem.

Com o voto de Gilmar Mendes, o placar ficou em 6 a 3. Além dele, acompanharam o relator, Roberto Barroso, os ministros Ricardo Lewandowski, Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Cármen Lúcia.

Os ministros André Mendonça, Nunes Marques, Edson Fachin divergiram do relator e votaram pela derrubada da suspensão.

Em seu voto, Gilmar Mendes pontuou que os profissionais mereciam o recebimento dos valores, mas ressaltou o possível impacto orçamentário nos estados.

"Não se pode perder de vista os eventuais efeitos perversos que a lei, cheia de boas intenções, pode produzir na prática", escreveu.

O julgamento segue até esta sexta-feira, 16, e ainda faltam votar os ministros Rosa Weber e Luiz Fux.

Fonte: Portal A Tarde

Últimas Notícias