Silvio Santos é condenado por fazer pergunta de cunho sexual para criança

Silvio Santos e o SBT terão de desembolsar R$ 50 mil para indenizar uma criança que, em 2016, foi vítima de uma pergunta inapropriada do apresentador. De acordo com o Uol, o caso que foi parar na Justiça aconteceu durante o quadro "Levanta-te", uma competição de calouros na qual crianças de seis a 10 anos cantavam com suas mães. Ao entregar um prêmio à garota, Silvio Santos perguntou: "O que você acha melhor, sexo, poder ou dinheiro?"

Na ação, a mãe da menina alegou que a situação foi um "vexame" e pediu indenização de R$ 998 mil. Em 1ª instância, o pedido foi acolhido, porém os danos morais foram fixados em R$ 50 mil, decisão que foi mantida pelo TJ/SP. O relator do caso, desembargador José Aparício Coelho Prado Neto, afirmou que o episódio gerou um "imenso constrangimento" e destacou que o caso teve grande repercussão na mídia e nas redes sociais.

Essa não é a primeira vez que Silvio foi condenado na Justiça. No início do ano, o juiz do Trabalho Ronaldo Luis de Oliveira, de Osasco/SP, condenou o SBT a pagar R$ 500 mil de danos morais à jornalista Rachel Sheherazade. O magistrado analisou vídeo do Troféu Imprensa 2017, quando Silvio Santos disse, em rede nacional, que Sheherazade deveria se limitar a oferecer a sua beleza e voz para ler as matérias inseridas no teleprompter, sem dar opiniões próprias.

Últimas Notícias