PF vê corrupção na Justiça da Bahia e CNJ avalia intervenção

A Justiça da Bahia pode se tornar o centro de um grande escândalo nas próximas semanas. De acordo com informações da revista Veja, investigações da Polícia Federal (PF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) estariam apontando para um quadro de corrupção generalizada no Judiciário baiano.

A situação estaria fazendo o CNJ avaliar, inclusive, uma medida considerada radical para os padrões do órgão: uma intervenção no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

A imagem do Judiciário da Bahia está abalada desde o segundo semestre de 2019, quando a Operação Faroeste revelou e desmontou um grande esquema de venda de sentenças no TJ-BA, favorecendo assim grileiros de terra no oeste do estado.

Ainda de acordo com as investigações da Operação Faroeste, a corrupção não atingia apenas grileiros e magistrados do TJ-BA, mas também membros do Ministério Público e a antiga gestão da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). Nesse esquema, quem não se vendia acabava ameaçado de morte.

O ministro do STJ Luís Felipe Salomão, corregedor nacional de Justiça, esteve no TJ-BA durante esta semana, para fazer uma inspeção e ver de perto as situações relatadas. Segundo ele, a possibilidade de intervenção é real.

Fonte: A Tarde

Últimas Notícias