Nelson Barbudo assume vaga deixada por Amália Barros na Câmara

O ex-deputado federal Nelson Barbudo, primeiro suplente do PL em Mato Grosso, vai assumir a vaga da deputada federal Amália Barros (PL-MT) que faleceu na madrugada deste domingo (12). Barbudo foi deputado federal de 2019 a 2022, mas recebeu cerca de 53 mil votos nas últimas eleições e não conseguiu se reeleger. Com a morte de Amália, ele deve tomar posse e voltar à Câmara para um novo mandato até o início de 2027.

Assim como em sua primeira passagem pelo Congresso, Barbudo deve engrossar a bancada ruralista. O parlamentar foi relator de um projeto de lei que autorizava a caça de animais silvestres e apresentou outro para limitar o valor de multas ambientais. O presidente do PL em Mato Grosso, Ananias Filho, disse que Barbudo já se preparava para voltar temporariamente à Câmara dos Deputados neste ano no lugar de Abílio Brunini (PL-MT), pré-candidato à Prefeitura de Cuiabá.

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), lamentou a morte de Amália pelas redes sociais. Lira publicou uma foto ao lado da congressista e a definiu como “uma jovem lutadora pelas causas do Mato Grosso e da visão monocular”.

“Ainda sem ter assumido o mandato, me procurou na Câmara dos Deputados para a aprovação da Lei 14.126/21, do qual foi incansável articuladora e que classifica a visão monocular como deficiência sensorial e estende os mesmos direitos e benefícios previstos para pessoas com deficiência. Uma conquista ímpar para o segmento.”

Fonte: Bahia.ba

Últimas Notícias