Homem que recebeu pix errado da Globo é condenado pela justiça do Rio de Janeiro

Há cerca de um ano, o complexo Globo havia feito um pix de 318 mil reais para uma conta errada, caindo erroneamente na conta do advogado Marcos Antônio Rodrigues, que se recusou a reaver o dinheiro da emissora ao ser notificado sobre o equívoco que a empresa havia cometido.

No último dia 23 (quarta-feira), o juiz Luiz Felipe Negrão, da 3ª Vara Cível do Rio de Janeiro, condenou Marcos não só a devolver o valor que foi depositado pela empresa, como a pagar uma multa de 70 mil reais por apropriação indevida do valor.

Com o dinheiro que havia sido lhe depositado erroneamente, por uma confusão na hora de realizar um pagamento, o advogado que já possuía os seus dados cadastrados no sistema da empresa , por já ter prestado seus serviços a emissora, realizou a compra de um apartamento, o que colaborou muito para com a decisão que foi tomada pelo juiz, uma vez que a justiça enxergou a sua atitude como de má-fé.

“O réu está obrigado a devolver os R$ 318.600,40 com atualização monetária desde a data da transferência efetuada pelo autor e juros legais da mora de 1%, contados de 10/01/2022, data em que o autor o notificou a devolver a quantia”, determinou o juiz em sua sentença.

Fonte: Jornal de Brasília

Últimas Notícias