Empresário é preso suspeito de comprar imagens de pornografia infantil em Salvador

Um empresário foi preso suspeito de comprar imagens de pornografia infantil. Segundo a Polícia Civil, a prisão aconteceu na manhã desta terça-feira (21), no bairro da Barra, em Salvador.

Policiais da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra Crianças e Adolescentes (Dercca) cumpriram os mandados de prisão preventiva, além de busca e apreensão contra o suspeito por estupro de vulnerável por meio virtual. Ele é investigado pelo envolvimento no crime, ocorrido entre os estados da Bahia e o Paraná.

De acordo com a polícia, as investigações começaram em fevereiro deste ano, quando a vítima, de 13 anos, foi estuprada, e as imagens do crime foram registradas e transmitidas pela mãe.

A titular da Dercca, delegada Simone Moutinho, informou que o suspeito pagava valores pela exposição da vítima. A mãe da criança está presa.

"A mãe explorava sexualmente, inclusive praticando estupro contra a filha, e, mediante pagamento, exibia as imagens contracenando em cenas de sexo com a vítima. Ela está presa e, a partir desta prisão, estamos cumprindo o mandado hoje", afirmou a delegada.

Durante o cumprimento das determinações judiciais, a equipe da Dercca encontrou imagens de pornografia envolvendo crianças e adolescentes em dispositivos eletrônicos do suspeito.

"Temos, além da prisão por força do mandado, a autuação em flagrante deste suspeito, que deverá responder por estupro de vulnerável e pelo armazenamento e compartilhamento deste material", informou.

Com o material apreendido, a Dercca vai analisar se existem outros coautores dos crimes de pornografia infantil em Salvador, outras regiões da Bahia e estados. Os dispositivos eletrônicos apreendidos serão encaminhados para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Fonte: G1

Últimas Notícias