Em quatro dias, ex-goleiro Bruno arrecada mais de R$ 20 mil com vaquinha online

Acumulando mais de R$ 6 milhões em dívidas com Bruninho, fruto de seu relacionamento com Elisa Samudio, assassinada há 12 anos, além de estar com a prisão decretada pela falta de pagamento da pensão alimentícia do menino, o goleiro Bruno Fernandes arrecadou cerca de R$ 20 mil em uma vaquinha virtual, organizada pela atual mulher. E voltou a falar sobre o exame de DNA para que seja comprovada a paternidade do menino.

No período em que esteve preso, sob acusação de ter sido o mandante do assassinato de Elisa, o atleta se recusou a fazer o teste em todos os pedidos da Justiça, que julgou como paternidade presumida no processo de reconhecimento.

Em suas redes sociais, o goleiro fez uma publicação em que mostra o processo. Bruno propôs o pagamento de R$ 30 mil e um saldo remanescente (de R$ 60 mil, o total neste processo é de R$ 90 mil) em 12 prestações.

Em seus stories, Bruno Fernandes chegou a dizer que estaria disposto a ir para a TV fazer um teste de DNA ao vivo: “Faço um apelo aos programas sensacionalistas. Topo um DNA ao vivo!”, publicou ele.

Vale lembrar que a Justiça não reconhece os testes feitos nesse tipo de quadro.

O Fuxico

Últimas Notícias