Apoiador de Lula mata bolsonarista a tiros após discussão política

Um homem foi baleado após uma discussão política no último domingo (19/3), em um bar no distrito de Selma, município de Jaciara — localizada a 140 quilômetros de Cuiabá, no Mato Grosso. 
Segundo relatos de testemunhas, a vítima seria apoiador do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e o suspeito, apoiador do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).


De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Civil de Mato Grosso (PCMT) foi acionada para atender a um homicídio por volta das 19h20. Os homens envolvidos estavam fazendo uso de bebidas alcoólicas quando se desentenderam por terem opiniões políticas contrárias.


O delegado da cidade, José Ramon Leite, confirmou que a vítima defendia o ex-presidente Bolsonaro e que o autor do crime defendia o presidente Lula, e deu mais detalhes sobre o crime. "A discussão foi tomando um tom mais agressivo e mais acalorado até que, em determinado momento, o suspeito convidou a vítima para ir ao lado de fora do estabelecimento", disse o delegado. 
Ainda segundo o ele, pouco tempo depois pessoas dentro do bar conseguiram escutar dois barulhos de tiros de arma de fogo. O suspeito fugiu em seguida no veículo dele.


Por Correio Braziliense

Últimas Notícias