Anvisa recolhe lote de produto da Kinder importado da Bélgica

Um lote importado do Kinder Schoko-Bons Branco L343R03, fabricado na Bélgica, foi interditado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A Anvisa mandou recolher o produto alegando risco de contaminação por salmonela, conforme alerta internacional emitido por fábrica da maarca na Bélgica.

Na nota, a agência alertou que o consumidor “deve olhar no rótulo qual o nome do fabricante (‘Fabricado por’ ou ‘Produzido por’ Ferrero Argdennes SA – Arlon, Bélgica), além do número do lote.”Já estão sendo tomadas todas as medidas para que o produto não seja encontrado nas lojas”, garantiu a Anvisa.

Ao portal Terra, a Ferrero do Brasil disse que está ciente da decisão da Anvisa e que não comercializa no país o produto Kinder Schoko-Bons Branco 200g. Segundo a empresa, uma outra organização “com a qual não mantemos relação comercial, importou Schoko-Bons.

A empresa italiana reforçou ainda que está “colaborando com Anvisa sobre este caso” e “todos os demais produtos Kinder distribuídos pela Ferrero do Brasil são seguros para consumo e não são afetados por este recolhimento”.

Últimas Notícias