Anitta declara apoio a Lula nas eleições: ‘Sou Lulalá no 1º turno’

A cantora Anitta usou as redes sociais, nesta segunda-feira (11) para declarar apoio ao pré-candidato à presidência Lula logo no primeiro turno das eleições deste ano.

"A partir deste momento eu sou Lulalá primeiro turno. E lutarei por uma novidade na politica presidencial brasileira nas próximas eleições", publicou no Twitter.

Ela se ofereceu para ajudar. "Não sou petista e nunca foi. Mas este ano estou com Lula e quem quiser minha ajuda pra fazer ele bombar aqui na internet, tik tok, twitter, instagram é só me pedir que estando ao meu alcance e não sendo contra lei eleitoral eu farei".

Em continuidade, a artista mandou um recado aos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro: "E pros soldadinhos do voldemort que vieram falar 'vai lá defender ex presidiário'. Pois é ex-presidiário? Então sim pq ex-presidiário também é gente e uma das minhas crenças políticas é que o sistema carcerário brasileiro dê oportunidades aos presos de aprenderem coisas novas", postou.

Ela continuou: "Apoio sim. Boa noite gentalha que acha que quem pensa diferente de vcs tem q morrer".

Posicionamento

Nos últimos meses, a cantora virou alvo do presidente Bolsonaro nas redes sociais, após fazer publicações críticas ao seu governo e se posicionar abertamente contra o chefe do executivo em programas de televisão no exterior.

Na França para divulgar o álbum Versions of Me no mês passado, Anitta disse: "Eu gosto de passar para o público o meu pensamento político também. E eu não concordo com muita coisa que esse presidente faz: acho que ele estimula o racismo, o preconceito, tudo de ruim", viralizando na internet.

Já em maio, a cantora mencionou nas redes uma conversa que teve com o ator Leonardo DiCaprio sobre as políticas que vêm sendo tomadas na Amazônia, e disse que o artista norte-americano sabe mais sobre a importância da floresta do que o chefe do Executivo.

Bolsonaro a ironizou em resposta: “Fico feliz que tenha falado com um ator de Hollywood, Anitta, é o sonho de todo adolescente. Eu converso com milhares de brasileiros todos os dias. Não são famosos, mas são a bússola para nossas decisões, pois ninguém defende e sabe mais sobre o Brasil do que seu próprio povo”….

"Espero que a Anita tenha aproveitado a oportunidade para aconselhar Leo a abrir mão de seus jatinhos e iate. Esses veículos soltam mais CO2 na atmosfera em um dia do que dezenas de famílias brasileiras em um mês. Antes de sair dando lição, é preciso dar o exemplo. Boa noite!", publicou.

Em outra ocasião, em abril, a artista fez uma publicação sobre pessoas que se apropriam da bandeira brasileira, ao que foi respondida por Bolsonaro com "concordo com Anitta".

Depois disso, em entrevista a uma revista americana, Anitta disse que parou de fazer menções diretas ao nome do presidente, para evitar fazer parte de uma estratégia de comunicação da equipe do presidente: “Eu o chamo de Voldemort”. Ela também disse que tem recebido ameaças de morte por estar se posicionando, o que tem preocupado sua família.

*Correio

Últimas Notícias